Considerada desde há muito como sendo uma país de boa comida e boa bebida, a Alemanha  apresenta uma culinária que é também reconhecida como sendo simples e ao mesmo tempo, repleta de sabores intensos e marcantes. O povo alemão antigo costumava se alimentar de mingau de aveia e pão escuro. Embora a tradição tenha ficado para trás, pães costumam ser uma grande especialidade deste povo e a aveia uma base para muitos destes pães. Muitos pratos tradicionais de certas cidades alemãs podem ser encontrados pelos visitantes em qualquer estação de trem, isto de ponta a ponta na Alemanha.

O mais interessante ao se pensar em culinária alemã é que a visão que se tem costuma se bastante equivocada, uma vez que há uma crença de que eles comem apenas “chucrutes e salsichas”. Estes pratos, muito tradicionais e considerados de guerra – o chucrutes feito a base de repolho era armazenado em tonéis e levados em longas viagens marítimas para servir como alimento dos marinheiros – costumam sim ser bastante “pesados”, mas nem só de repolho vivem os alemães.

Há alguns pratos alemães que são comuns no país e, de tão tradicionais quanto à feijoada no Brasil, passam ser apreciados no mundo inteiro. Isto é o que acontece com os típicos pães, bolos, tortas e massas alemãs, que fazem sucesso entre crianças, jovens e adultos.

Bienenstich – Bolo de amêndoas alemão- é uma torta-bolo tradicionalíssima na Alemanha. Segundo a lenda, um padeiro teria feito uma massa fina para um bolo e coberto – a com muito mel. Isto acabou atraindo muitas abelhas ao local, e para evitar que tais insetos atacassem o pobre homem, ele decidiu cobrir a massa com muitas amêndoas picadas. Como as amêndoas acabaram grudando na massa, ele decidiu fazer outra pequena fornada, ele então juntou as duas partes e recheou-a com creme levemente adocicado, além de aromatizado com gotas de limão.  A receita caiu no gosto popular e, em particular no sul da Alemanha, é largamente apreciado.

Outro prato típico alemão e que acabou sendo uma alternativa ao tradicional panetone natalino é o pão doce conhecido como stollen. De massa doce e macia, com leve aroma cítrico, este “pão” é recheado ainda com muitas frutas secas. Mas, há quem pense que o stollen seja bem semelhante ao panetone e acaba incorrendo em um grande equívoco. O stollen apresenta uma aparência bastante semelhante ao rocambole, enquanto formato. É recoberto com açúcar de confeiteiro e exige pouquíssimo trabalho em seu preparo. Surgido em Dresden, o stollen foi preparado pela primeira vez em homenagem ao príncipe Elector Ernst.