Localizado na Europa Central, a Alemanha está limitada pelo mar do norte, entre a Dinamarca e o mar Báltico, a leste tanto da Polônia quanto da República Checa, ao sul da Áustria, e a oeste da França e dos países bálticos. País com forte influência de diversos povos germânicos, a Alemanha possui um território de mais de 350 mil quilômetros quadrados, e uma população  estimada em 82 milhões de habitantes, e ainda apresenta uma culinária que encanta os milhares de turistas que visitam o país durante o ano inteiro.

Considerada desde há muito como sendo um país de boa comida e boa bebida, a Alemanha apresenta uma culinária que é também reconhecida como sendo simples e ao mesmo tempo, repleta de sabores intensos e marcantes. O povo alemão antigo costumava se alimentar de mingau de aveia e pão escuro. Embora a tradição tenha ficado para trás, pães costumam ser uma grande especialidade deste povo e a aveia uma base para muitos destes pães. Muitos pratos tradicionais de certas cidades alemãs podem ser encontrados pelos visitantes em qualquer estação de trem, isto de ponta a ponta na Alemanha.

O mais interessante ao se pensar em culinária alemã é que a visão que se tem costuma se bastante equivocada, uma vez que há uma crença de que eles comem apenas “chucrutes e salsichas”. Estes pratos, muito tradicionais e considerados de guerra – o chucrutes feito a base de repolho era armazenado em tonéis e levados em longas viagens marítimas para servir como alimento dos marinheiros – costumam sim ser bastante “pesados”, mas nem só de repolho vivem os alemães.

No café da manhã, por exemplo, a mesa é bem farta – servem-se os tradicionais pães, geleias de frutas vermelhas, muito queijo, cereais, ovos, café, torradas e sucos. Isto porque o almoço deles não costuma ocorrer entre o meio dia e as primeiras horas da tarde. Em geral, o almoço acontece do meio para o fim da tarde. Logo, o café precisa ser bastante reforçado.

Já no almoço, de forma mais tradicional, é possível servir-se de sopas leves de legumes, caldos, batatas cozidas – tradicionalíssimas no país – muitos legumes cozidos no vapor, arroz integral e carne – de porco.

Os alemães mais tradicionais também costuma ter um horário para o chá da tarde – neste são servidos biscoitos, cujas receitas costuma ser passadas de geração a geração,  chá e café, além dos tradicionais bolos de nozes.

No jantar, para quem está em viagem, é importante ficar bastante atendo – os restaurantes servem sopa de entrada, o prato principal, normalmente salsichas com mostarda alemã, chucrutes e batatas assadas, e uma sobremesa. Servem ainda churrasco alemão, mas se o visitante for um brasileiro, entenda que o churrasco deles é bem diferente do nosso.