Principais Movimentos Artísticos do Século XX

Publicidade:

É no século XX que se inicia uma grande transformação no campo das artes, iniciando-se, portanto, uma grande ampliação nas conquistas técnicas, isto por conta das grandes transformações industriais e tecnológicas que tiveram inicia ainda no século anterior. Na sociedade, acentuam-se as diferenças entre a alta burguesia e o proletariado. O capitalismo organiza-se e surgem os primeiros movimentos sindicais, que passam a interferir cada vez mais nas sociedades industriais.

 

Nas primeiras décadas do nosso século ocorrem também profundas conturbações políticas: a Primeira Guerra Mundial, a Revolução Russa; o surgimento do fascismo na Itália e do nazismo na Alemanha. Não demorou muito para que, as situações políticas criadas pela Itália e a Alemanha, levassem os países europeus e americanos a envolverem – se em novo conflito mundial. Com essa grande última guerra, tiveram início também as pesquisas e o uso da energia nuclear, que se configura hoje como a ameaça à sobrevivência da humanidade.

 

Ocorreram ainda neste século a conquista do espaço, o uso crescente da computação – o que gerou a Era Digital – bem como dos satélites, que colocaram em comunicação imediata as mais distantes partes do mundo.

 

Ao lado desses avanços, acentuaram-se as disparidades sociais; há regiões de grande riqueza e regiões de extrema pobreza, onde pessoas passam fome e ignoram os fatos, bem como se beneficiam do progresso material das regiões ricas.

 

É, portanto, nesse complexo contexto, rico em contradições e, muitas vezes, angustiante que se desenvolvem os movimentos artísticos do século XX, as artes mais contraditórias de nossos tempos e que de uma singularidade ímpar, se fazem entender apenas a partir da compreensão dos fatos históricos e sociais.

 

Dessa maneira, desenvolvem-se movimentos e tendências artísticas como Expressionismo, Cubismo, Dadaísmo, Futurismo, Fauvismo, Abstracionismo, Surrealismo, Pintura Metafísica, Op- Art, Pop Art. Todas expressam dentro de suas contradições, de uma maneira ou de outras, as contradições de um tempo em que o homem esteve perplexo diante de tantas quebras de conjecturas.

 

Estes movimentos ficaram conhecidos como Movimentos de Vanguarda – já que foram inspirados no termo avant gard – o que está a frente da guarda. Como o início do século XX foi extremamente conturbado – repleto de guerras, dizer que se está a frente da guarda, literalmente, significava estar à frente de seu tempo. Os movimentos de vanguarda anteciparam os pensamentos de um homem, por meio das artes, diante de rupturas que trouxeram consequências para a humanidade, irreversíveis.